Das Vantagens de Ser Prático

Certa ocasião, um homem de bom senso questionou um poeta a razão pela qual ele não fazia algo de mais prático; argumentando que a sua escrita acabaria por levá-lo a morrer de fome.

_ “O que fazia da vida, aquele seu saudoso primo?” Perguntou o poeta.


 
_ “Era pára-quedista”. Respondeu.


 
_ “E como veio a morrer?” Insistiu o poeta.


 
_ “Praticando”, finalizou.


O homem de bom senso retirou-se sem mais nada dizer.

 

                                  



Carlos Lucchesi



Voltar